eSportsValorant

VALORANT Challengers: Havan Liberty e INGAMING avançam na repescagem e mantém o sonho da Islândia vivo

Foto: Divulgação/ Riot Games

As finais do  VALORANT Challengers Brasil 2 (VCB) seguiram neste domingo (2) com os confrontos da repescagem. A Havan Liberty precisou manter a calma para despachar a SLICK por 2 a 0. Enquanto a INGAMING bateu paiN Gaming por 2 a 1 em mais uma virada surreal da equipe.

As equipes retornam na próxima semana para enfrentarem os perdedores entre Gamelanders x YNG SHARKS e Team Vikings e FURIA.

 

Havan Liberty quebra jogo da SLICK e avança na repescagem

 

Havan Liberty 13 x 10 SLICK (Ice Box)

SLICK e Havan Liberty abriram os confrontos da repescagem, e apesar de fria, a Ice Box foi o mapa escolhido para o confronto. A Havan veio forte no ataque, vencendo com firmeza o primeiro pistol da partida. A equipe, porém, não esperava uma SLICK armada no round seguinte e viu a pequena vantagem escapar, perdendo duas vezes na sequência. No quarto round, a equipe voltou a apostar no que estava dando certo e com o domínio do ponto A, garantiu o 4 a 4 na partida. 

Após o empate, as equipes voltaram às trocas intensas na partida, ninguém quis dar o braço a torcer e deixar o adversário abrir qualquer vantagem. Após a troca de lados, a Havan se aproveitou do conforto e avançou. Enquanto Heat garantiu os primeiros abates, desfalcando a equipe adversária pelo mapa, Shion realizava uma defesa implacável nos bombs, frustrando o avanço da SLICK com direito a dois ACE’s na partida.  

No 9 a 8, a Havan conseguiu segurar o avanço adversário no ponto B, quebrando a economia dos slickers e os obrigando a jogar com armamento não muito favorável. Com a vantagem em mãos, a Liberty fechou a partida em 13 a 10. 

 

Havan Liberty 14 x 12 SLICK (Ascent)

Na Heaven o jogo começou com um verdadeiro atropelo da SLICK, que sem muita conversa, abriu 5 a 0 no placar. Diferente dos outros jogos, a Jett de BLD voltou a dar as caras, que junto da Reyna de aspas, fizeram da vida da Havan um verdadeiro pesadelo, perdendo a primeira metade por 9 a 3. Na troca, a história parecia se repetir, com uma SLICK cada vez mais próxima de fechar a partida. O que eles não esperavam é que Heat acordasse no jogo, que com uma Jett preparada quebrou o jogo firme do adversário, trazendo a esperança para toda a equipe. 

No 12 a 8, o jogo parecia novamente perdido para a Havan. A equipe não podia errar uma vez sequer se ainda quisesse manter o sonho vivo, e com muita determinação, e Heat, a HL forçou o empate na partida. Destruindo toda a vantagem que a SLICK havia construído no começo e virando o tabuleiro de vez, fechando o mapa por 14 a 12.     

 

INGAMING vira sobre paiN Gaming e também avança 

 

INGAMING 12 x 14 paiN (Split)

Abrindo os trabalhos na Split, a paiN dominou a primeira metade do jogo. A equipe soube utilizar o mapa a seu favor, conseguindo se infiltrar rapidamente nos bombs e eliminar jogadores importantes, forçando a IG a recuar dentro da própria zona de segurança, fechando a primeira metade por 9 a 3. 

Na troca, foi a vez da INGAMING devolver o sufoco na mesma moeda. Com Jacobin abrindo espaço e Magic garantindo abates, a equipe ganhou três rounds em sequência, quebrando o jogo firme do adversário. No 11 a 7, a paiN sofreu outro apagão na partida e quase não conseguiu reagir, vendo toda a vantagem apagada num piscar de olhos até chegar na prorrogação, onde venceu por 14 a 12 no sufoco. 

INGAMING 13 x 7 paiN (Heaven)

A paiN só precisava de mais uma vitória para despachar a INGAMING de vez da competição, que por sua vez, não deixou a partida nada fácil para os adversários, abrindo 3 pontos em sequência. No 3 a 0, Murizzz se aproveitou de um bom posicionamento no ponto A da Heaven e garantiu 3 abates, além do round para a paiN, mas a felicidade durou pouco. Atuando na defesa, a equipe não conseguiu segurar o sinergia da IG, que round após round desfalcava um jogador adversário e abria caminho para o bomb. Perdendo a primeira metade por 9 a 3. 

No ataque, a paiN voltou a surpreender. Apesar do bom domínio adversário, a equipe soube criar brechas e perfurar as defesas e garantir pontos importantes para manter o sonho da Islândia vivo. Por outro lado, a IG também tinha o mesmo sonho e lutou até o final para mantê-lo. No 9 a 5, a equipe conseguiu quebrar o leve embalo de Murizzz e companhia, voltando a pontuar e finalmente fechando o mapa por 13 a 7.

INGAMING 13 x 5 paiN (Bind)

A Bind começou muito boa a INGAMING. Após perder o pistol, a equipe conseguiu contornar a situação e com um forçado no round seguinte tirou o trem adversário dos trilhos, empatando o jogo. Dali para frente, ninguém quis deixar o outro abrir vantagem, até a IG conseguir fechar a primeira metade por 7 a 5. 

Na troca, a paiN não conseguiu uma boa performance no jogo. Sem uma das principais peças do time, Murizzz, a equipe permaneceu apagada na defesa e acabou entrando no jogo da INGAMING, que obstinada, fechou a segunda metade sem perder uma vez sequer.

 

As finais

O VCB final retorna na próxima quinta-feira, a partir das 13h. Confira o cronograma:

Quinta-feira (6)

13h – Gamelanders x Sharks

A Seguir – FURIA x Team Vikings

Sexta-feira (7)

13h – Vencedor GL/SHK x Vencedor FUR/VKS

A Seguir – Perdedor GL/SHK x Havan Liberty

A Seguir – Perdedor FUR/VKS x INGAMING

What's your reaction?

Excited
0
Happy
0
In Love
0
Not Sure
0
Silly
0
Rafhael Pardin
Olá, sou Rafhael Pardin, natural do Espírito Santo e formado em Jornalismo pela FAESA Centro Universitário. Jogador de LoL desde 2013 e mais recentemente de Valorant. Trago a cobertura dos jogos durante os finais de semana.

    You may also like

    Leave a reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    More in:eSports