PlayerUnknown's BattlegroundsBattle Royale

PUBG: Shoot To Kill brilha e lidera classificação da final da ESL PUBG Masters Americas

A primeira parte da grande final da ESL PUBG Masters Americas chegou ao fim. Os três primeiros dias das finais contou com um domínio dos times norte-americanos. Liderado pela Shoot To Kill, o top 5 está formado sem nenhuma equipe da LATAM. Embora não tenha sido a estreia que o Brasil esperasse, a segunda parte das finais acontecerão  no dia 30 de abril até 2 de maio. Com um desempenho brilhante, a Shoot to Kill lidera a tabela com 121 pontos no total, seguida pela Three Hundred com 104 e a Soniqs com 101. A melhor colocação de uma equipe da LATAM é a 22 Esports em 7º lugar.

Tabela de classificação da ESL PUBG Masters Americas. Foto: PUBGEsportsBRA

Dia 1

Melhor dia para os times da LATAM, as finais começaram com vitória da Enrage Gaming. Em seguida, a 22 Esports levou a conquista na segunda queda da noite. A primeira vitória dos times norte-americanos veio com a Shoot To Kill na terceira partida. A equipe da Young Kings levou o último WWCD da noite.

Dia 2

Sem um grande desempenho dos times brasileiros no segundo dia. A Three Hundred conquistou a primeira queda da noite. Para levar a segunda partida, Daniel “sharpshot4k” conseguiu um clutch perfeito de 1v4 contra a Soniqs e garantiu a vitória para a Spicy Fish. No mapa Erangel, a Shoot To Kill levou a terceira partida. Na última queda da noite, a Inxeque Team conseguiu a sua primeira vitória nas finais da Masters.

Dia 3

Amargurada na última colocação, a Guadalajara GasCans conseguiu uma vitória na primeira partida e subiu na classificação. Na segunda queda, a campeã mundial, Soniqs, garantiu o WWCD. Embaralhado no topo da tabela, a Oath Gaming levou a terceira queda da noite. No quarto e último combate, a Young Kings foi a vencedora.

Os 16 times, oito da LATAM e oito do NA, voltarão a disputar a última parte das finais na sexta-feira (30), no mesmo formato, quatro quedas por dia. O campeão levará US$ 12 mil (R$ 65 mil) e 200 pontos de classificação para a PUBG Global Championship (PGC).

What's your reaction?

Excited
0
Happy
0
In Love
0
Not Sure
0
Silly
0
Ariela Pellegrine Vasquez
Jornalista de esports há um ano, gosto de escrever e comentar sobre o competitivo de FPS e também sobre o cenário feminino.

    You may also like

    Leave a reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *