eSportsNews

Gamer Squad lança projeto “Rise Academia”, focado em inclusão, acessibilidade e Libras nos eSports

A Rise Academia atua em prol da difusão de conteúdos sobre acessibilidade e Libras nos eSports. O projeto foi criado em parceria com a Gamer Squad, tendo sido idealizado por Keila Alcântara (Intérprete/Tradutora) e Guilherme Cepeda (CEO da Gamer SQUAD).

Durante o lançamento do projeto em dezembro de 2020, Keila Alcântara aproveitou para provocar uma reflexão sobre acessibilidade:

“Desde que tive minha primeira experiência com a Libras, eu sabia onde queria estar. Trabalho para diminuir as barreiras comunicacionais diárias que os surdos enfrentam, é esse espírito que quero implementar na Academia. Queremos aos poucos transformar o cenário de eSports, trabalhando os olhares para a acessibilidade dos integrantes dela.”

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE), 10 milhões de brasileiros possuem algum grau de deficiência auditiva e encontram dificuldades para se comunicar com os ouvintes e falantes da língua portuguesa. A língua permanece praticamente restrita à comunidade surda, que corresponde a 5% da população brasileira. A Rise Academia atua no cenário de eSports com uma proposta inovadora para disseminar o ensino da Língua Brasileira de Sinais e reduzir a exclusão social da população surda no cenário.

“Quando conversei pela primeira vez com a Keila, percebi que precisava tirar esse projeto do papel. A Rise Academia não é só uma marca, é uma união de profissionais que tenham envolvimento com eSports, sempre focando em conscientizar e difundir sobre o dia a dia da comunidade surda”, comenta Guilherme Cepeda. “Participar do desenvolvimento da academia através da Gamer Squad está sendo um processo muito gratificante, pois estamos colocando a Libras em evidência, todos unidos pela mesma causa: promover diversidade, acessibilidade e inclusão no cenário de eSports no Brasil”.

Metodologia Rise Academia

A Rise Academia é um local de ensino de Libras e divulgação de material acessível e sobre acessibilidade. Atualmente, seu planejamento de encontros para as aulas de Libras ainda está em construção. A proposta é promover aulas de Libras acessíveis para ouvintes e surdos que não saibam Libras e que acompanham ou trabalham com eSports, além de disponibilizar conteúdos complementares para que os participantes possam mergulhar na Cultura Surda e das pessoas com deficiência.

“Um filme, uma série, um curta ou um documentário chama atenção das pessoas, traz uma nova perspectiva, constrói uma visão crítica sobre a realidade das pessoas surdas e com deficiência. Às vezes, num momento de lazer, no lugar de consumir conteúdo convencional, assistir um filme sobre a Comunidade Surda pode ser muito enriquecedor. Isso também faz parte da nossa proposta”, comenta Keila.

Aprenda libras na Rise Academia

Em parceria com a Gamer Squad, estamos iniciando a Rise Academia. Estaremos promovendo aulas de Libras e conteúdo sobre acessibilidade nos esports para a comunidade.

Nosso objetivo é reunir pessoas que trabalham ou acompanham o cenário e promover conteúdos sobre a Comunidade Surda e pessoas com deficiência. A ideia é transformar o cenário num lugar mais inclusivo, desmistificar preconceitos e aprender sobre as línguas de sinais. Preencha o formulário e participe

What's your reaction?

Excited
0
Happy
0
In Love
0
Not Sure
0
Silly
0

You may also like

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in:eSports